Seguidores

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Dead Sea Premier - Testei (no quiosque)

Fui no shopping próximo a minha casa com minha amiga/modelo de unhas Viviane e vimos um quiosque da Dead Sea Premier (marca que já tinha lido em outros blogs que tinha um kit maravilhoso para cutículas - minha nova obsessão são cutículas "perfeitas").
Ela querendo sair de fininho e eu louca para saber o preço (eu já sabia que era passando da casa das centenas, mas não custava nada verificar).
A vendedora perguntou se conheciamos a marca (achei interessantissimo pois tenho a tendencia maravilhosa de espantar vendedores), mas acho que foi a minha Bolsa Fake (que eu descobri a algumas semanas que é uma replica -) que fez ela se interessar por nós.
Chega de bla bla bla e vamos ao que interessa...
No kit Dead Sea Premier Beautifying Nail Kit vem:
Nail File - lixa
Buffing Block - lixa especial com 4 funções
Hand and Body Cream (125 ml) with Passion Fruit scent- creme para mãos e corpo Maracujá
Mineral Rich Cuticle Oil (20 ml).- óleo mineral para cutículas

Testei o óleo para cutículas e o creme para mãos, as lixas não.
O oleo não me pareceu nada que eu já não conhecesse de outras marcas (canetinhas para cutícula da OPI e oleo Avoplex), mas uma gota pode ser aplicada em todos os dedos= muito bom rendimento.
O creme para mãos eu gostei, uma "espatulazinha" e eu pude usar nas duas mãos, a pele absorveu.

Depois a vendedora (ansiosíssima) para me "empurrar" mais produtos, fez questão de que eu testasse o esfoliante corporal ....
 e a manteiga.
 E a Viviane querendo se escapar mas não teve jeito... testou o esfoliante
O que eu mais gostei: esfoliante corporal e a manteiga, adorei mesmo, deixa a pele lisinha, macia e hidratada.
Mas como a maioria das coisas boas no Brasil são inflacionadas...
Na promoção "do dia" cada um dos itens mostrados custa R$130, isso mesmo cada um.
A amiga aqui vai deixar para depois porque com R$390 eu posso fazer tantas outras compras.
Para quem pode fica a dica: é maravilhoso.
Beijos!

6 comentários:

  1. uaua...pois é amiga., carissimo né., minhas cuticulas também não esão legal., esses dias mesmo pensei que deveria procurar essa tal cera da granado..esse então...sem chance pra mim.,

    bjs

    ResponderExcluir
  2. @SIL MIZEL Eu tenho usado muito bepantol e canetinha com óleo, mas estou é com vontade de ir no dermatologista pegar alguma formula.

    ResponderExcluir
  3. Flor, acabei de conhecer o seu blog e AMEI! é mto lindo e tem mto post bom, cheio de dica bacana, adorei :)

    Se puder, dá uma passadinha no meu que tem sorteio de uma paleta da Nyx :)

    Beijão, Letícia
    http://caseieagoraa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Antes de tudo, NÃO COMPRE O DEAD SEA PREMIER BEAUTIFYING NAIL KIT!!! Não acredite nessa mágica. Não acredite em nada que eles dizem e não compre nenhum produto deles. Não financie esse absurdo!

    Agora, aqui vai o motivo:

    No dia 16 de Dezembro estava no Shopping Vila Olímpia porque precisava comprar um presente de Natal de amigo secreto para uma amiga. Não sou muito de frequentar shoppings então já estava incomodada.

    Enfim, no caminho da loja à qual queria ir, a Loungerie, passei por um daqueles quiosques que ficam no meio do corredor do shopping e uma mulher muito simpática me perguntou se eu queria ver uma mágica. Eu falei “Não, obrigada.”, mas ela insistiu. Fiquei pensando como era chato estar trabalhando fazendo propaganda de um produto num lugar por onde passam provavelmente centenas de pessoas ao dia e ser ignorada, então, por fim, aceitei. Ela me disse que faria minhas unhas em 5 minutos. Fiquei com vergonha de mostrar minhas unhas (São um desastre, sério. Não fazia há mais de meses), mas pensei “Pô, se realmente for essa mágica que ela diz, vai ser incrível pra mim que morro de preguiça de ir ao cabelereiro.”.

    Só pra contextualizar: eu tinha pintado minhas próprias unhas um mês antes e já tinha arrancado o esmalte de algumas delas, e nas outras restava só um pouquinho, tipo uns 2mm² (esse é o desastre ao qual me referia).

    Então começou: Eu dei pra ela testar o produto num dos dedos que já não tinha mais esmalte, mas ela passou a acetona do mesmo jeito. E me deu pra cheirar, como que pra provar que era mesmo acetona. Depois, pegou a lixa. Era como que um paralelepípedo, com um lado de cada cor. Um azul, um preto e dois brancos. Não usou o azul em mim, alegando que sua função era tirar manchas da unha após o uso de um esmalte escuro. Começou com o preto, teoricamente de diamante, o qual esfregou por aproximadamente 5 segundos e, depois, usou o branco, teoricamente de seda, por mais uns 5 segundos. Enquanto passava o branco, repetia “Está pronta para a mágica?” e eu, cética, mesmo, respondia que sim.

    ... continua no próx post

    ResponderExcluir
  5. ... continuando...

    Bom, ela parou de esfregar e me mostrou uma unha que, eu juro por tudo que eu mais amo, parecia que tinha acabado de sair da manicure (Não fosse pela cutícula meio destruída). Eu fiquei absolutamente maravilhada e ela, obviamente, percebeu. Fiquei tão encantada que queria levar pra todas as mulheres que eu conheço. Era mágica mesmo! E mais: garantia vitalícia! Se eu sentisse que a lixa não estava mais funcionando como deveria eu podia trocar a qualquer momento!

    A partir desse momento, a propaganda começou a se tornar maçante. Primeiro ela me ofereceu o removedor de cutículas. Como eu já havia usado muitos e não tinha gostado, respondi que não queria. Ela insistiu. Esfregou o óleo durante alguns segundos e realmente melhorou. Não foi tão mágico quanto a lixa, mas parecia bom também. Me ofereceu também um creme hidratante para as mãos, o qual eu neguei, mais uma vez, mas ela insistiu para que eu testasse. Era gostoso, mas nada de mais mesmo.

    Nesse momento, eu, toda empolgada e achando tudo aquilo incrível, falei que ia querer a lixa e o creme pra cutículas. Nem perguntei o preço. Estúpida, mas eu sou assim quando estou empolgada com alguma coisa. E, como já disse, não sou de ir a shoppings, não gosto mesmo de fazer compras, mas quando gosto de alguma coisa, gosto. E gostei muito daquilo. E da vendedora, que falava como uma daquelas propagandas da Polishop, só que muito mais feliz. Era engraçado, parecia que ela estava lendo um script. Parecia muito falso mesmo. Nem liguei pra isso, na real, só achei muito engraçado.

    Desculpa, me perdi no texto. Voltando à história: Ela então, me disse, que era melhor que eu levasse o kit, já que a lixa custava R$135, o removedor de cutículas R$135, o creme para as mãos R$50 e o kit R$260. Portanto, além de o creme de mão sair por -10 reais (eu até fiz essa piadinha com ela na hora), eu ainda ganhava uma lixa comum. Obvio que optei pelo kit.

    No exato momento, pensei que pudesse estar fazendo uma besteira. Nenhum dos produtos no quiosque tinha um preço escrito neles, por isso pensei que deveria tentar negociar, mas sei lá, não falei nada. Enfim, lembra que eu disse que a propaganda estava se tornando maçante? Pois é, não para por aí. Ela me disse que se eu comprasse mais um kit, o segundo sairia mais barato e ainda ganharia um terceiro, de graça. Bom, neguei, falei que o kit era presente de aniversário pra minha mãe e que eu usaria com ela e já peguei meu cartão de crédito. Mas não parou por aí! Ela me convidou para testar mais um produto, o qual seria um presente para mim. Ela era tão, tão simpática e parecia tão, tão ansiosa (pensei isso por causa do jeito dela de falar que parecia decorado) que aceitei, mais uma vez. Bom, era um sal do mar morto e um creme, os dois para serem usados na mão ou no corpo todo. Muito gostosos também, mas, de novo, nada de incrível. Agradeci e segui para pagar.

    Ela ainda me insistiu um pouco na questão dos outros kits e do tratamento de sal, mas eu neguei e insisti para pagar.

    Saí de lá com o maior sorriso do mundo, me sentindo incrível e totalmente satisfeita. Pensei “agora vou poder ter unhas bonitinhas sem a chatice de ir ao cabelereiro e, no fim, economizei mó dinheirão, se considerar que um manicure custa aproximadamente R$20.”. Estava radiante.

    Enfim, cheguei em casa e queria logo dar pra minha mãe, mas não podia, Ela estava viajando e eu só a encontraria no dia 20, quando viria para passar o Natal com ela. Bom, aqui estou. A encontrei ontem, e logo dei o presente, o qual ela logo testou. Não ficou incrível, como no quiosque, mas também não ficou ruim. Não dei muita bola e pensei que ela tinha feito errado.

    ... continua no próx post

    ResponderExcluir
  6. ...continuando...

    Hoje resolvi usar nas unhas nas quais ainda não tinha usado. Fiz como a mulher do quiosque. Não funcionou. Mas não é que ficou mais ou menos. Não funcionou mesmo. Minha unha até que ficou mais lisinha, mas foi isso. Fiquei realmente muito brava e fui pesquisar na internet. Só site de vendas. Alguns outros sites direcionados ao público feminino com mulheres alegando terem amado o kit. Nenhuma crítica negativa. Resolvi procurar em inglês. Nenhuma crítica positiva. A maior parte dos comentários era de mulheres que tinham sido abordadas em quiosques de shoppings nos EUA alguns anos atrás, com promessas de resultados e preços incríveis. Para falar a verdade, a maior parte delas estava realmente nervosa com o fato de que o produto custava, na verdade, uns 15 dólares pela internet (Sim, uns R$40 reais mais ou menos) e que a loja não devolvia o dinheiro (Pra quem não sabe, nos Estados Unidos você pode comprar algo e, ao devolver, receber seu dinheiro de volta, não trocar por outra mercadoria). Bom, algumas delas conseguiram o dinheiro de volta depois de muito alvoroço já que, se não me engano, ele é garantido por lei lá. De qualquer maneira, a maior parte delas não reclamou tanto do fato de o produto não funcionar. Dizem que não funciona tão bem, mas que é bom mesmo assim. Outras tiveram a mesma reclamação que eu: simplesmente não funciona. Aquela mágica que vimos no quiosque do shopping não é real. Além disso, muitas delas também afirmou que foi ao shopping depois das festas e o quiosque não existia mais. Loucura, não?

    Enfim, desculpa pelo texto longuíssimo, mas ele é, não só um desabafo, como um conselho. Nunca me senti tão estúpida e enganada em toda minha vida.

    Fatos:
    - Nenhum produto do quiosque tinha preço e não havia uma tabela e, se não me engano, isso é proibido por lei.
    - O produto, realmente, é muito mais barato pela internet.
    - Em nenhum lugar da caixa está escrito que eu tenho garantia. Não tenho papel nenhum a não ser o recibo do cartão que, se não me engano também, não é comprovante fiscal.
    - O produto não funciona.
    - A afirmação da vendedora de que as partes preta e branca da lixa eram diamante e seda, respectivamente, é obviamente, falsa.

    Mania de perseguição:
    - Ela me fez cheirar a acetona que ela passou no meu dedo, que não tinha esmalte, e ela realmente tinha cheiro de acetona. Mas de qualquer maneira acetona tem cheiro forte, o qual se sobressai se misturado com qualquer outro produto com pouco ou nenhum cheiro.
    - Ela falava de um jeito completamente programado e nem um pouco espontâneo. Estranho, só isso.
    - Ainda não voltei pra São Paulo pra saber se o quiosque ainda está onde estava, mas temo que quando voltar não estará mais.

    Desculpa de novo pelo texto enorme.

    Qualquer coisa, posso responder por email: beatriz.daniel@usp.br

    Beatriz.

    ResponderExcluir